terça-feira, 29 de junho de 2010

Questão de estrutura

Liberte-se da sua fantasia
Porque sua vida é real
Embora não queira aceitar
A vida acontece aqui
Onde vê e sente, afinal.
Rabisca um chão e pisa
Desenha parede e teto
E reforce bem o telhado
Para que dali não escape
Nenhum delírio doente
Nenhum desejo malvado
Devaneio saliente
Tampouco desvairado.
E pare de uma vez com isso
E que seja por todas, esta,
De tentar ludibriar a razão.
Não digo que os fatos explicam
Ou que um dia explicarão
E trazem consigo as verdades
Que extirpam contradição
O que digo é bem o contrário
Digo que o além pode ser visto
Em várias realidades
Por trás daquilo que se mostra
Sem precisar inventar
E leve como lembrete
O que já cansei de falar:
A fantasia não te acolhe!
E embora não tenha notado
Enquanto você pensa que engana
Você que tem sido enganado.

(Débora Paixão)

6 comentários:

Yago Nogueira disse...

Eu gostei do texto, mas discordo da idéia de que temos que nos libertar de nossas fantasias. Fantasias são como sonhos, nós necessitamos deles para viver.

Beijos

Se7h disse...

Lembrei da Carmem nessa!

E não creio que Paixão teve a intenção de dizer para que nos libertemos de nossas fantasias. Ela fala, ao decorrer do texto, de uma fantasia (no singular), tal qual não é saudável:

"Nenhum delírio doente
Nenhum desejo malvado
Devaneio saliente
Tampouco desvairado."


Fantasia esta que não permite que o sujeito encare a realidade, talvez resolvendo seus problemas apenas no campo da imaginação, e se confortando nele.

Paixão disse...

Sim, isso mesmo Paulo.
Desculpe Yago, talvez meu lado psicóloga tenha falado mais alto que meu lado poeta. rs
Mas as pessoas tem interpretações diferentes sobre todas as coisas, talvez mesmo que tenha entendido o meu ponto de vista da forma que eu quis expressar realmente, não concorde.
São as nossas diferenças! \o/

P.S.: O Paulo estuda comigo e a Carmem é nossa professora! rs

Beijos!!
e obrigada aos dois pelos comentários! rs

disse...

Que cantinho que está lindo!!!

Entendi quando você disse "Liberte-se da sua fantasia." ;)

Noe* disse...

Ás vezes devemos mesmo nos livras de nossas fantasias, mas só as vzs! rs
Eu ri com seu comentário:
"Tenho aí uma visão meio Marxista"
kkkkkkkkkkk Ai, ai
Um dia eu chego lá! BJS =*

Glauber Marinho disse...

Gostei da reformulação do layout do blog...tá beemm...paixão
=oD

eu concordo que sonhos são necessários, fantasias e ilusões não creio.

bjão menina