sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

estou tão pouco

Estou tão pouco
Que sou já menos
Da metade que era


Me resta saber
Das sobras, se voam
Noutras atmosferas

(Débora Paixão)

10 comentários:

Glauber Marinho disse...

genial como sempre, paixão!!!

=o****************

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Fred Caju disse...

Débora,

Feliz Natal atrasado e feliz 2011 antecipado!

Gostaria de ter mais tempo para me perder/encontrar nas postagens daqui, mas por hora passo 'apenas' para lhe desejar felicidades. Depois volto como leitor faminto.

Abraços,
Caju.

Letícia souza disse...

Oh flor !
que poema triste ! mais muito lindo
te seguindo aqui !
se puder dar uma forcinha e me seguir tambem :
http://pitchuquinhaa.blogspot.com/
(deixe um comentario falando se gostou do meu blog)
Beijao (;

Branna disse...

Ahh, aqui está um pedaço d'ocê (e nem venha falar que n sou), que resolveu registrar tudo antes que torne a voar. Tô por aí, mais voando que parada. O movimento é tudo. Mas do coração nada voa pra fora... deve ser por isto que penso sempre em você. Porque no fundo sou eu lembrando de meu pedaço maior.
Saudades, sua ogra.
Feliz Ano Novo. Que ele seja novo, de novo, todos os dias.

amo ocê.

beijo!

KIKA disse...

Palavras mui significativas... fase de reivenção e descobertas..., digo isso para mim. bjs
Como sempre ótimo poema.
bjs

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


COMPARTIENDO ILUSION
PAIXAO

CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...




ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE ALBATROS GLADIATOR, ACEBO CUMBRES BORRASCOSAS, ENEMIGO A LAS PUERTAS, CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER Y CHOCOLATE.

José
Ramón...

Paixão disse...

obrigada gente!
tinha comentário aqui que eu nem tinha visto, nem controlando os comentários consigo controlá-los ...
eu sou mesmo muito eficiente ¬¬
rs

Leonard de Almeida disse...

versos como esse me ajudam a planar com meus restos em altas atmosferas

Leonard de Almeida disse...

versos como esses me fazem planar com meus restos em altas atmosferas