sábado, 8 de janeiro de 2011

Presságio

Que eu possa dizer que posso
Embora passado um dia
Perca a posse do que possuo
E ainda que passe aos poucos
Algures onde tendo passeado
Peço que frente aos outros
Não haja pressa em meus passos
O que ao mundo eu trouxe
Bem ou mal, não será passado.

(Débora Paixão)

5 comentários:

Glauber Marinho disse...

não vai não, Debs...
não te agonia não!
=o*****

Jim Carbonera disse...

hahahahaha gostei!Sem pressa! Mas tem coisas q o mundo trouxe, q eu gostaria q fosse prassado!

bjs

http://www.estilodistinto.com/

KIKA disse...

Texto belo... e profundo.... bjs

Daíse disse...

Lindo texto!!!
Forte!!!
Bjo!

Victoria Lopes disse...

tocante,estou até agora com ele na minha cabeça..Parabens pelo talentoo....seguindoo