sexta-feira, 28 de setembro de 2012

.



Tem amores que morrem só para nos trazer de volta à vida.

- Débora Paixão -

5 comentários:

Anônimo disse...

E tem poesias que só precisam de uma linha para dizerem tudo. O amor é o que faz uma vida ter todo sentido, ou passar a não ter mais nenhum. Mas para quem é tão especial, encontrar a pessoa certa só depende de si. E que para a melhor garota, o destino reserve a felicidade na forma de quem verdadeiramente a acolha dentro do seu coração. E que consiga a façanha de dar ainda mais inspiração para quem é o exemplo vivo do que isso representa. Nenhuma vida dura para sempre, mas nossos sentimentos vivenciados e compartilhados, são eternos. Que a existência então, seja tal qual a pedra mais preciosa, e que cada momento conte muito.

Mao Punk disse...

*___*

Talvez meu comentário fuja da poética, mas: puta que pariu! rs

Olha... se amores morrem, não sei dizer, mas imaginei o caso como paixão. Fez muito sentido.

Sobre amores não arrisco aprofundar. Explicação nunca há, ainda mais sucinta.

Adoro sua poesia, moça! ^^

Paixão disse...

Segundo Leminski ele se transforma em raiva ou rima, vai saber né?

Beijos Mao ...
eu que adoro as suas!

disse...

é bem assim que acontece! :)

Carlos Cruz disse...

Isso mesmo.