sábado, 2 de março de 2013

não tem jeito

não tem jeito
eu gosto de você
por mais que...
ainda que...
apesar de...
eu gosto de você
e gosto assim
sem mais nem menos

é que todas as vezes
em que penso em você
eu fico meio...
e bate uma saudade
fininha, fininha
e envergonhada
por não poder sentir

mas o fato é que eu sinto
e não tem jeito
eu sinto que eu gosto
de você, assim
além do ...
além de ...
mim!

- Débora Paixão

7 comentários:

Anônimo disse...

Não é justo nem com você, nem com a pessoa...se gosta assim, e sabe que gosta, por que não dar um passo à frente? Se joga menina!!! A vida passa rápido demais para a gente deixar passar as oportunidades! ;)

Patricia Thomaz disse...

como é difícil gostar tanto de alguém assim e não falar Dói. Eu sei o que é isso. Afogar todo esse sentimento.

Mateus Medina disse...

E não se explica... e não se foge...

bjos

Anônimo disse...

E o anônimo-anônimo foi convidado para a festa e não foi...ufa que alívio!

Paixão disse...

Que festa? Pq alívio? Oxiii

Carlos Cruz disse...

Chato isso, né? Essa gostar incômodo, por mais que...
ainda que...
apesar de...

Melhor aquele gostar pleno e correspondido, sem reservas, mas isso é tão raro!

Embora o sentimento seja ruim de ser sentido, o poema ficou ótimo!

Bjo!

Paixão disse...

Obrigada, minha gente!

é foda de ser sentido, difícil ficar guardando ... tem que sair por algum lugar, que seja na poesia ... sempre! rs

beijos