quarta-feira, 21 de abril de 2010

o que mais se quer

o que mais se quer
não se pode aceitar
aceita-se a tudo então
que não se pode evitar
o que não pode parecer
é tudo aquilo que é
simples pareça o ser
pra não ser o que se quer

Débora Paixão

6 comentários:

Marí disse...

Eu gosto da sua poesia...gosto da sua afinidade com as palavras...gosto de gostar de te ler e reler =)


ps: vc tem uma fã...escritora minha*
Aaah, mas isso vc já sabia né!?


beiijos*

Paixão disse...

e eu gosto de saber que posso contar com você
5, 4, 3, 2, 1 ... quem é que surge? rs

amo você Marí!

besitos:*

Katrina disse...

Queria ser o que gostaria de parecer

Eterno Humano disse...

queria ser, simplesmente ser, aquilo que se vê...sem interrogações ou surpresas...

jefhcardoso disse...

Débora, pensei em uma maneira de falar e homenagear a todos que tanto vêm me incentivando com o carinho e apoio que me doam.
Escrevi uma crônica pensando em nós blogueiros. Falei sobre o que penso ser o blog para nós. Você pode concordar ou discordar; pode também acrescentar; mas não deixe de opinar. Leia e entenderá por que a sua opinião é indispensável para mim e para todos blogueiros.

Abraço do Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Goodkat disse...

Caralho! Foda demais essa.