quinta-feira, 3 de março de 2011

De Saco Cheio

De voar a tanto
pelos quatro cantos,
nada anda inteiro.
Tudo pelo meio.
Aquele pranto
ainda não me veio...
Pode ser que venha,
ou que voe.
Mas tem dias
que o dia me vem,
vindo.
Nestes dias fico,
me finco
e não desprendo.
Tantos dias
quais me defendo
e de tudo que me cai
pouco entendo.
Dias encontro
o exato ponto,
mas renego.
Dias estrago tanto,
que até o prato
mais doce, azedo.
Fica cinza tudo
e nada luz.
Todo silêncio escuro,
frente à imensidão do mundo,
rapidamente se reproduz.
Então fica escasso...
Sobrando sempre
mais do que cabe no espaço.
Dias que esqueço
pago alto preço
e me faço mudo.
Mundo que me veio!
De ti, oh, mundo meu,
imundo e alheio,
ando de saco cheio.
Sem voz, meu verso,
à vós se explica:
Quanto mais mundo há em mim
mais mudo tudo fica.

Débora Paixão

9 comentários:

Mao Punk disse...

*_*

Os versos da Paixão! É... são apaixonantes mesmo! ;)

deia.s disse...

Blog bem bacana, gostei!
Estou seguindo aqui,
segue o meu se puder?

http://amar-go.blogspot.com/

- Desde já agradeço, bjo :)

Jim Carbonera disse...

bah que maravilha heim!!

As vezes me sinto assim tb, quanto mais o mundo eu tenho, parece que mais vazio eu fico.

Algo complexo, mas essa é a vida!

As vezes temos tudo e a unica coisa q queriamos nos nao temos.

Enfim, só um conselho, essa letra no fundo branco ta ruim de ler, força a vista. Acho q a letra preta, ficaria de melhor visualização!

Mas excelente poesia!!

Bjs

http://www.estilodistinto.com/

Paixão disse...

Quanta modestia Mao, os seus que são! rs

Jim, obrigada pela dica, mudei! (de novo) rsrs

Beijos!!

Jim Carbonera disse...

agora ficou ótimo! Melhor pros olhos! :D

Bjss

Xandy Britto disse...

lindo, querida. eu tenho uma poesia chamada "cansaço". dps fuxica lá, acho que vai se identificar. E se isto for texto novo, liga não, mude a vibração, vibre escrevendo em outra sintonia e vai se sentir bem, te garanto, menina talentosa.

obs: essa madrugada eu tava relendo coisas minhas, vi que vc tinha postado e fiquei aqui, te visitando. fiz alguns comentários rápidos. rs

bjokas,

XB

Patricia Basseto disse...

voce escreve maravilhosamente traduziu um sentimento q sinto de maneira espetacular, obrigada por partilhar esse dom com todos nos :)

Paixão disse...

oh Patricia, um comentário desse me deixa até sem palavras ... obrigada, de coração!

beijo

Mateus Borba disse...

Lindo. Tudo na dose certa. Daquelas poesia que a gente sente.